Como escolher o sistema ERP ideal para a empresa?

ERP ideal: A adoção de softwares de gestão integrada, intitulados sistema ERP, tem sido dava vez mais comum no ambiente corporativo. Tais ferramentas auxiliam a empresa a manter-se competitiva e com baixo índice de erros. Além disso, o acesso a dados é feito com precisão e agilidade.

Se você pretende investir em um sistema ERP, mas não sabe por onde começar, veja o nosso post de hoje!

O que é um sistema ERP?

O ERP (sigla para Enterprise Resource Planning) é um sistema de gestão integrada que unifica o acesso e a modificação dos dados do negócio. Nele ficarão armazenadas informações sobre o estoque da empresa, o seu histórico de vendas, o cadastro de clientes e registros referentes a várias partes do empreendimento. Assim, a companhia pode atuar de forma integrada e com alta precisão.

Quais as vantagens de se utilizar um ERP?

O uso do ERP traz diversas vantagens para o empreendimento. Por centralizar as informações, uma série de rotinas passarão por uma profunda modificação, ganhando em performance e agilidade.

O acesso a dados preciso permite que a análise de mercado tenha um impacto maior nos resultados do negócio. Analistas conseguirão desenvolver estratégias de vendas que foquem nos produtos certos no seu melhor momento para venda.

Já o atendimento a clientes será feito com alto nível de precisão. Todos os profissionais da área poderão verificar o histórico de relacionamento do consumidor com o empreendimento em alguns cliques. Consequentemente, a qualidade do apoio prestado será maior.

Vale destacar, também, que toda a empresa trabalha com mais integração. Possuir uma fonte de acesso rápido a vários dados da companhia elimina gargalos, agiliza processos e reduz os problemas a médio e longo prazos.

Diante desses fatores, o ERP deve ser visto como um investimento estratégico. A empresa poderá manter vários serviços funcionando com baixo índice de erros e atingir o máximo de economia possível.

Como escolher o ERP ideal para o seu negócio?

A escolha do ERP ideal deve levar em conta uma série de fatores. Afinal, esse é um software de grande importância para uma empresa que pretenda atingir novos públicos e manter-se competitiva.

O SLA (sigla para Service Level Agreement, ou Acordo de Nível de Serviço, em português) precisa ser definido conforme as normas técnicas do empreendimento. Já o feedback de usuários antigos auxilia a identificação de pontos fracos na prestação de serviços ou o suporte ao usuário.

A publicação de updates pode ser verificada. Ela precisa ser realizada continuamente, garantindo que bugs e falhas de segurança serão eliminados com agilidade, tornando este outro ponto importante.

O ERP deve dar o pleno suporte ao seu processo de negócios, evitando assim, que sejam feitos processos críticos para o sucesso de sua organização fora da plataforma.

Além disso, a maneira como o negócio gerencia dados de usuários também precisa ser avaliada. Em troca de um ERP gratuito, muitas desenvolvedoras utilizam dados de clientes para exibir anúncios direcionados.

Isso é algo que deve ser avaliado durante a definição do SLA. Se isso for um problema para o negócio, opte por ferramentas que não compartilhem os seus registros anonimamente, ainda que de graça.

Avaliando tais fatores, você conseguirá identificar um sistema ERP para gestão adequado às suas necessidades e ao perfil do negócio. Gostou das nossas dicas e quer ficar por dentro dos conteúdos do nosso blog? Siga a gente no Facebook e LinkedIn.